Epifanias no Banheiro

Você sabe o que é uma epifania? Tenho certeza que mesmo não sabendo o que é, você já teve uma…

Epifania é aquela ideia, aquele “estalo” que a gente tem, do nada, que surge como a solução para algum de nossos problemas. Pode acontecer em um momento de crise, de pressão, ou mesmo quando você nem sequer está pensando no assunto. Aliás, é quando você não tá pensando em nada que elas mais ocorrem (como no seriado House M.D., onde a solução SEMPRE aparece quando ele tá fora do consultório, sacaneando o Wilson, ou dando em cima da Cuddy, ou infernizando a vida de algum dos funcionários dele…).

House tendo Epifania

Epiphany!

A minha vida é praticamente baseada em epifanias. Eu raramente resolvo um problema quando estou concentrado, pensando nele. Diversas vezes eu e o @liposo estávamos empacados em alguma tarefa da faculdade, ou algum projeto mirabolante, ou algo do tipo, e a solução só surgiu quando nós resolvemos largar mão de resolver o problema e ir beber uma cerveja e jogar uma sinuca no Bar da Dulce (que, a propósito, ERA um bom bar, mas começou a fechar cedo e proibiu fumantes e começou a reclamar de algazarra e não abre mais nos domingos e etc. Mas devaneio…). No meio da partida, enquanto marcávamos a pontuação dos jogos no quadrinho negro perto da mesa, surgia aquela ideia, aqula solução, triunfante, vindo para resolver o problema e tornar todos mais felizes.

Pontuação na Sinuca

Digam, quem tava ganhando?

Outras ideias também acontecem de forma “epifânica” (essa palavra existe?). Esses dias, o Mouro mesmo, teve a ideia de UM FUCKING-CONE-MÓVEL! (Entraremos em detalhes futuramente aqui no blog mesmo… Fiquem ~~ligadinhos.)

Cone Móvel

(Aguardem...)

E de uns tempos pra cá (na verdade, desde que eu estou rascunhando esse post, já deve fazer mais de meio ano, mas eu sou um procrastinador filho da puta, e só agora que eu tive vontade de concluí-lo) eu notei que há um lugar onde essas epifanias ocorrem com maior frequência. Maior do que numa biblioteca. Maior mesmo do que num bar! Esse lugar é o banheiro! Sério, já perdi a conta de quantas vezes eu estava tomando um banho, daí aquela ideia genial para a solução de um problema da faculdade, ou de um enigma de um jogo, ou pra um projeto mirabolante™, ou até mesmo para uma twittada jocosa sobre algum assunto diverso surge e eu me vejo saindo do banho às pressas pra registrar isso em algum lugar (tendo em vista que eu sou um peixe de aquário e a minha memória dura só 15 segundos), muitas vezes escorregando no box e caindo, batendo a cara em portas fechadas no escuro e gerando várias outras cenas que ficariam ainda mais engraçadas se houvesse um Yakety Sax tocando ao fundo (ouçam). Na verdade, a ideia pra esse post mesmo, surgiu enquanto eu estava pintando a porcelana.

Mas porque? por que? porquê? por quê?
Por que é que quando estamos no banheiro temos uma tendência maior a termos epifanias? Será aquele lugar coberto por azulejos uma espécie de centro de convergência de energias, que se refletem nas paredes e no vaso sanitário e se concentram em um ponto específico, aumentando nossa susceptibilidade a elas? Será alguma substância presente no Glade que paira no ar e é por nós inalada que aumenta temporariamente nossas capacidades cerebrais, forçando as sinapses entre os neurônios? Ou são as cores com as quais ele é decorado (geralmente claras e frias) que nos induzem um estado cerebral mais elevado, onde os problemas se resolvem sozinhos e simplesmente aparecem de uma vez por todas para nós, como vislumbres de um futuro ideal?
Ou vai ver, é só o fato de que, quando estamos no banheiro não temos mais nada para fazer (lá geralmente não tem livros, televisão, rádio, internet ou outras pessoas com quem conversar), deixando nosso cérebro mais ocioso, com tempo pra pensar nos nossos problemas, cozinhar uma solução e nos apresentá-la, aparentemente sem nenhuma intervenção de nossa parte.

E vocês, onde mais tem epifanias? Quais suas teorias a respeito? Postem aí nos comentários, afinal, Blog Cabeludo também é Ciência e Construção do Conhecimento (meh).

🙂

Anúncios

3 comentários sobre “Epifanias no Banheiro

  1. Reeeeealmente…. epifanias acontecem no banheiro… #fato!

  2. Cópula, sinônimo de acasalamento. Sem entrar em detalhes, mas deve ser uma m* copular e ter tempo para ter epifanias. Já ocorreu, admito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s